O BDSM é um fenómeno que tem crescido, e tem se tornado cada vez menos tabu, sendo já uma presença assídua em algumas áreas como o cinema mainstream.  Neste artigo da Vibrolandia iremos revelar o que é o BDSM e como praticá-lo de forma segura e responsável.

BDSM: O que é?

O BDSM é um acrónimo que se refere a práticas e atividades eróticas consensuais envolvendo bondage, disciplina, dominação, submissão e sadomasoquismo. Estas atividades podem incluir uma ampla gama de comportamentos, desde o uso de algemas e amarras até à aplicação de spankings, jogos de poder, humilhação e muito mais.

O BDSM é um fenómeno que desperta a curiosidade de muitas pessoas, sendo um fetiche que ganhou destaque nos últimos anos.

Embora o BDSM possa envolver elementos de dor e jogos de poder, é importante destacar que todas as atividades devem ser realizadas de forma consensual e segura. Os participantes envolvidos devem estabelecer limites claros, ter comunicação aberta e respeitar os desejos e limitações de cada um.

BDSM em Portugal

Portugal não é exceção quando se trata da popularidade do BDSM. Nos últimos anos, houve um aumento significativo de interesse e prática do BDSM no nosso país.

Grupos e comunidades BDSM estão a surgir um pouco por todo o território, oferecendo espaços seguros para os praticantes explorarem as suas fantasias.

Existem também eventos e festas especializadas, onde as pessoas podem se encontrar, trocar experiências e aprender mais sobre o BDSM.

É importante ressalvar que a prática do BDSM em Portugal, assim como em qualquer outro lugar, deve seguir os princípios de consentimento e segurança.

É essencial que os praticantes estejam bem informados sobre as técnicas, práticas e protocolos de segurança antes de se envolverem em qualquer atividade BDSM

Crescimento do BDSM

O crescimento do BDSM nos últimos anos pode ser atribuído a vários fatores. A maior consciencialização sobre sexualidade e a quebra de tabus relacionados ao prazer e às preferências sexuais permitem que as pessoas explorem as suas fantasias de maneira mais aberta.

Além disso, a popularidade de livros e filmes, como a trilogia “50 Shades of Grey”, contribuíram para a curiosidade e o interesse em relação ao BDSM.

Outro fator importante é a facilidade de acesso à informação por meio da internet. As pessoas podem pesquisar sobre o BDSM, encontrar comunidades online e obter orientações sobre práticas seguras. A internet também permite que os indivíduos encontrem parceiros ou grupos com interesses semelhantes, facilitando a formação de relacionamentos e conexões dentro desta comunidade.

Como fazer BDSM?

A prática do BDSM requer conhecimento, comunicação e consentimento. Aqui estão algumas dicas para quem deseja experimentar o BDSM de forma segura e consensual:

Mantenha-se informado

Antes de começar, é importante educar-se sobre as práticas, técnicas e protocolos de segurança do BDSM. Existem livros, vídeos e sites confiáveis que fornecem informações detalhadas sobre o assunto.

Mantenha uma comunicação aberta

A comunicação é fundamental no BDSM. Discuta os seus desejos, limites e expectativas com o seu parceiro ou parceira antes de se envolver em qualquer atividade. Estabeleça safewords para garantir que existe um meio para interromper a cena, caso seja necessário.

Comece devagar

Para os iniciantes, é recomendado começar com práticas mais leves e ir gradualmente aumentando a intensidade. Explorar diferentes técnicas, brinquedos (para eles e para elas) e papéis pode ser emocionante e gratificante.

Respeite os limites

É essencial respeitar os limites estabelecidos por cada pessoa envolvida. Nunca force alguém a fazer algo com o qual não se sinta confortável. O consentimento deve ser contínuo e livre de pressões.

Segurança em primeiro lugar

Garanta que tem todos os equipamentos de segurança apropriados, como algemas de abertura rápida, tesouras para cortar cordas e outros itens necessários para garantir a segurança durante as sessões de BDSM. Além disso, esteja ciente de informações sobre primeiros socorros e saiba como agir em caso de emergência.

BDSM é seguro?

Quando praticado de forma consensual, informada e segura, o BDSM pode ser uma experiência gratificante e segura para todos os envolvidos.

No entanto, é importante ter em mente que nem todas as pessoas têm o mesmo nível de interesse ou conforto com o BDSM. Cada indivíduo tem as suas próprias preferências e limites.

É fundamental estabelecer uma comunicação aberta, estabelecer limites claros e garantir que todas as partes envolvidas estejam confortáveis com as práticas e atividades realizadas.

Além disso, é importante ter conhecimento sobre técnicas de segurança, primeiros socorros e estar preparado para qualquer eventualidade.

O BDSM permite-lhe explorar as suas fantasias mais ousadas

O BDSM é um fetiche em crescimento, tanto em Portugal como em outras partes do mundo. Com a devida informação, comunicação, consentimento e práticas seguras, o BDSM pode proporcionar uma experiência erótica e gratificante para aqueles que desejam explorar as suas fantasias e preferências sexuais.

Lembre-se de respeitar sempre os limites de cada pessoa e de buscar orientação e apoio caso seja necessário. O BDSM pode ser uma jornada emocionante e enriquecedora quando realizado em segurança.

One thought on “BDSM: um fetiche em crescimento

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Seleccione um ponto de entrega

Abrir o chat
1
Em que podemos ajudar?
Scan the code
Olá! Por favor leia as nossas FAQ: https://vibrolandia.com/faq/
Caso a sua questão não tenha sido esclarecida clique no botão abaixo.
Este site contém imagens e conteúdos exclusivamente para adultos. Se você não atingiu a idade de 18 anos ou se este tipo de conteúdo o ofende, não prossiga