CHICOTES

A mostrar todos os 11 resultados

Chicotes, palmatórias e ticklers (espanadores)

Palmatórias, chicotes, artigos para dar tau-tau em quem se está a portar mal. Nada mais fácil do que visitar a nossa secção, para comprar chicote ou algo que lhe atraia à vista e á pele.

Consentimento, saber até onde pode ir, são os conceitos mais importantes na utilização de um destes artigos. Mantenha o jogo sexual ao nível de ambos, para terem vontade de repetir muitas vezes.

A melhor maneira de não se aborrecer e variar o sexo com o seu parceiro é ter sempre novas ideias para que não se torne uma rotina, mas sim um momento pelo qual ambos anseiam. Para fazer isso, pode experimentar toda a variedade de produtos que estão na nossa sexshop, mas se for um pouco ousado/a um chicote na sua vida de casal será fascinante. Também já é familiar dos termos BDSM ou bondage pode ir um pouco mais longe e tentar com um chicote ou um daqueles artigos de equitação – uma chibata – e descobrir até onde seu prazer vai.

O Que São Palmatórias e Chibatas.

São brinquedos eróticos que são utilizados dentro das práticas do BDSM para obter prazer de uma forma diferente da convencional, embora possam ser utilizados por qualquer casal. Muito comuns são as palmatórias e chibatas que se podem usar nos preliminares ou durante o sexo, tudo depende de si. A chibata tem um golpe mais seco ou mais direto enquanto a palmatória tem um golpe mais amplo devido à área que produto tem.

Porquê Usar Uma Palmatória  Durante o Sexo?

Há muitas pessoas que sentem prazer ao receber um golpe, seja com uma palmada com a mão, um chicote ou uma palmatória na nádega, por várias razões:

É uma área muito sensível do corpo onde há muitos receptores nervosos que no momento do sexo o corpo recebem como um estímulo e é bastante satisfatório.

A relação entre prazer e castigo é especialmente bem recebida em casais que estão imersos em práticas de bondage. Na intimidade entre duas pessoas é habitual deixar a confiança para receber este tipo de golpes.

O cérebro produz endorfinas durante o sexo, que o fazem sentir prazer. Quando é espancado enquanto faz sexo, o corpo liberta mais endorfinas criando um efeito analgésico para que não sinta dor, mas prazer.

Cuidado: Embora o uso deste tipo de instrumentos para o sexo possa ser muito gratificante ter relações sexuais com muita carga de erotismo é importante estimular a comunicação. O casal tem que conversar e chegar a um acordo porque neste tipo de prática a linha entre prazer e dor é muito ténue, então se não comunicarem quais são os pontos até onde o encontro sexual pode chegar, há uma probabilidade de se tornar algo desagradável.

Chicotes

Quando os casais procuram uma saída para a sua rotina sexual, normalmente olham com simpatia para a morbidez da dominação e submissão. Não é segredo que muitas pessoas hoje em dia praticam bondage como parte da sua vida sexual. E os números continuam a crescer.

Antes, falar em “abusar” um pouco do seu parceiro era reprovado e muitas pessoas fugiam dessa ideia. Mas isso mudou. O sadomasoquismo veio para ficar e vieram juntamente alguns adereços que tornam esta prática muito mais divertida e, é claro, excitante.

Entre os acessórios que podemos adquirir para encher o nosso quarto de prazer com uma sessão de BDSM estão: as mordaças, pinças de mamilos, as máscaras, as algemas e, claro, os favoritos, os temidos chicotes.
Os chicotes são os elementos fundamentais do sexo em que a fantasia deve ser dominada ou ter o papel de um dominador.

Se não quer cair na monotonia onde a penetração é a única coisa que faz durante o sexo, pode comprar um chicote e provar que  sabe e quer lidar com sexo extremo.

Neste artigo vamos falar sobre os chicotes e como eles podem ser usados na cama. Se estiver interessado, é importante que leia, pois a informação é bastante útil.

O Que São Os Chicotes?

Os chicotes existem há muitos anos na intimidade de vários casais. Eles são, segundo muitos casais especialistas, a ferramenta essencial para aquelas relações sexuais que querem ser consideradas como sado ou escravidão.

Historicamente, estes acessórios também têm tido um grande impacto na cultura desde o seu aparecimento. Já foram usados para punir os escravos e ainda são usados para conduzir animais selvagens ou gado.

Mas hoje queremos falar sobre outro tipo de chicote. Vamos referir-nos àqueles que dão um selo único aos encontros íntimos e provocam sensações diversas nos casais.

Podemos defini-los – que também são conhecidos como chicotes – como um instrumento composto por uma corda, que pode ser feita de diferentes materiais flexíveis, com um cabo fixo.

Este acessório é utilizado pelos amantes sadomasoquistas como um instrumento de prazer, que é obtido através da dor. É, sem dúvida, o item que todos devem ter à sua disposição

No mercado erótico de hoje existem muitos tipos de chicotes. Cada um deles é adaptado às necessidades e gostos de cada pessoa. Há uma escolha!

Como São Usados Os Chicotes?

Na prática da escravidão, o uso de chicotes é essencial. É o instrumento que nunca deve faltar na sala quando um casal decide aventurar-se na “parte mais escura do sexo”.

No entanto, a implementação dos chicotes vai depender muito da comunicação entre o casal. Com isto queremos dizer que a intensidade com que é utilizado dependerá do consenso previamente alcançado.

Mas, saber usar um chicote corretamente pode ajudar a dar uma emoção diferente e uma maldade nas relações íntimas. Se quiser aprender um pouco sobre como usar um bom chicote, leia estas dicas.

A primeira coisa que deve fazer é criar uma atmosfera apropriada para a ocasião. A sala ou quarto onde a sessão terá lugar deve estar em harmonia com o que vai ser feito.  Tem de levar em conta a iluminação, a privacidade e a música.
Uma vez iniciada a ação, deve colocar o/a seu/sua parceiro/a na posição em que quer ser “castigada”. Para tornar a experiência mais completa, pode amarrar a outra pessoa numa pose que a deixa à mercê do instrumento. Pode pô-la de bruços e espancá-la ou chicoteá-la nas costas.

Eles também podem ser usados antes do sexo. Isto é, nos animados preliminares. Com o cabo do instrumento, pode tocar a sua pele e acariciar suas partes erógenas. Isto vai fazer a libido aumentar muito.
Tenha muito cuidado e evite bater em áreas perigosas; como os rins, o rosto e a parte de trás do joelho.
Com estas dicas pode começar sua experiência com o chicote, que certamente mudará sua vida sexual para sempre. Oh, a propósito, é muito importante que durante esta prática, o respeito entre os parceiros esteja presente. É essencial.

Que Tipos de Chicote Existem?

A oferta actual é incrivelmente ampla, se não infinita. Há muitos tipos disponíveis e todos com um toque que os diferencia dos demais. Vão desde os concebidos para os casais mais inexperientes, até aos mais veteranos.
Existem modelos que dão um toque mais perverso à acção, enquanto outros são mais tradicionais. Mas na lista seguinte aprenderá mais sobre os que existem.

Chicote tradicional para iniciantes: Este chicote, é feito para aqueles casais que estão entrando no mundo do BDSM. Tem caudas e o seu cabo é antiderrapante e resistente à água. A dor causada por este brinquedo é bastante reduzida, ao contrário do ruído que ele produz, que é bastante alto.

Chicote de titânio: O chicote de titânio cinzento é perfeito para aumentar os níveis de excitação durante a prática do BDSM. É feito de couro regenerado, metal e tem um cabo de madeira. É um dos mais populares do mercado e vende-se como bolos quentes.

Chicote de metal extremo: Se queres levar o jogo rude para outro nível, este chicote é aquele que procura. Tem várias cordas e o seu comprimento total médio é de 59 cm. O cabo e a alça de metal tornam-no um acessório fácil de segurar.

Chicote de borracha: Estes chicotes têm um cabo de madeira reforçada e são perfeitos para casais principiantes e para os mais experientes na prática da escravidão. Tem 55 centímetros de comprimento e é feito de borracha ou silicone.

Estes são alguns dos modelos mais famosos disponíveis na nossa loja. Há muitos mais, sim, mas estes são os criadores de tendências. Se gostou de um, pode comprá-lo e começar a experimentar os benefícios do sexo submisso e dominador para si mesmo. Não tenha medo do novo.

Em Que Materiais Podem Encontrar os Chicotes?

Desde a sua criação, os chicotes têm sido instrumentos cujos materiais de fabrico são normalmente variados. Este tipo de acessório pode ser encontrado em diferentes modelos e a sua produção é diferente.
Há aqueles feitos de couro, silicone e metal. Além disso, os cabos podem ser feitos de madeira ou alumínio. Tudo depende do fabricante, é claro.

Para Quem São Os Chicotes?

A prática do sadomasoquismo e da dominação/submissão é universal. Portanto, o seu uso não é exclusivo de nenhum dos sexos. Tanto homens como mulheres podem usá-los com seus parceiros sexuais e causar-lhes um êxtase sem precedentes.

Por exemplo, algumas das fantasias sexuais mais recorrentes dos homens são ver a sua parceiro se tornar uma “escrava doméstica” e “puni-la” por fazer mal o seu trabalho. Com alguns chicotadas, esta fantasia erótica irá certamente atingir o seu clímax.

E o que podemos dizer sobre as mulheres? Algumas querem fazer com que seus parceiros sejam chicoteados porque querem assumir o controle da situação e dar aos seus homens o que eles merecem.

De qualquer forma, os chicotes darão aquele toque realista às fantasias sexuais onde reina a submissão e a dominação.

É Seguro Usar Chicotes?

Esta é uma das dúvidas que os casais iniciantes em BDSM costumam ter. E é normal que se pergunte sobre isso por causa da natureza desse instrumento: ao longo dos anos, eles têm sido usados para causar dor e não prazer nas pessoas.

No entanto, o uso destes instrumentos durante o sexo é bastante seguro e, se forem implementados correctamente, ninguém será prejudicado.

A intensidade com que a chicotada é dada será determinada pelo casal, pois são eles que conhecem os níveis de dor que podem suportar. Portanto, partimos do princípio que não receberá golpes indesejados.

É por isso que a comunicação e o conhecimento um do outro é importante no casal. Os golpes podem ser moderados, intensos ou suaves. Aqueles que desejam elevar o tom, devem indicá-lo com alguma palavra e vice versa

Em conclusão, se procura um chicote para entrar plenamente no mundo do BDSM, faça-o sem nenhum medo. Asseguramos-lhe que desta forma dará um novo ar às suas relações íntimas e evitará cair na monotonia, algo que pode ser mortal para qualquer relacionamento amoroso e apaixonado.

Algumas Dicas Para Desfrutar Mais Dos Seus Chicotes

Os chicotes são elementos poderosos e não servem apenas para espancar o seu parceiro sexual. Todos nós sabemos que não há nada escrito no sexo e quanto mais criativos formos, melhor será. O uso de chicotes pode ser muito variado e, como dissemos no início, eles não devem ser limitados. Com eles pode fazer muito mais.

Por exemplo, podemos usá-los durante os preliminares para aumentar os níveis de excitação do nosso parceiro. Enquanto estamos nessa “brincadeira sexual” podemos passar o cabo do chicote pelas suas zonas erógenas e estimular os seus genitais.

Usar o cabo, especialmente quando é feito de metal, para atravessar o corpo do seu parceiro é extremamente fascinante. Ambos sentirão que a vossa excitação irá subir ao céu e que depois irão desfrutar plenamente do sexo.
Além disso, após a primeira sessão de chicotada, pode fazer uma pausa e levar o chicote para acariciar suas partes íntimas. No caso dos homens, eles podem usar o cabo para acariciar o clítoris da mulher. Ela certamente vai ficar louca e pedir mais.

Outra recomendação que queremos dar-lhe para o futuro é que ao familiarizar-se com os chicotes pode começar a incluir outros acessórios BDSM. Na nossa loja pode encontrar mordaças, máscaras, cordas, algemas, pinças de mamilos, correntes, entre outros brinquedos sexuais. O uso destes acessórios irá melhorar exponencialmente a prática do sado ou BDSM. Pode levá-lo a níveis que nunca pensou ser possível.

Dicas de Utilização e Conservação

Para poder desfrutar mais e durante muito tempo, é essencial seguir algumas recomendações de uso e conservação. Algumas das recomendações podem ser encontradas na embalagem e outras serão dadas a por nós.
Preste atenção:

Recomendamos que depois de usá-los, os limpe e seque quaisquer vestígios de suor ou líquido que possa ter sido deixado neles.
Ao guardar o seu chicote, tente mantê-lo num local seco e sem pó.
É importante não deixar o chicote em locais onde ele possa ser danificado por outros materiais ou molhado por algum líquido.
Por razões básicas de higiene, é preferível não partilhar o seu chicote com outras pessoas ou casais. Tente manter estes instrumentos para uso pessoal. Compartilhá-las envolve riscos de contrair doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Agora que tem toda esta informação… De que está à espera para os experimentar?

Aviso! Este site contém imagens e conteúdos exclusivamente para adultos. Se você não atingiu a idade de 18 anos ou se este tipo de conteúdo o ofende, não prossiga