Quando se discute a saúde reprodutiva, a abundância de lendas e mal-entendidos que lhe é inerente é tão-somente assoberbante; entre mitos urbanos antigos e modernos, existe toda uma riqueza de informação (e desinformação) que circula relativamente ao organismo feminino, à fertilidade e à menstruação.

Um dos mitos predominantes, habitualmente discutido em segredo, foca-se na probabilidade de conceção durante o ciclo menstrual; aliás, questões como “é possível engravidar durante a menstruação?” têm sido alvo de debate desde sempre.

Ao longo deste artigo da Vidrolândia Sex Shop Online  desmistificaremos os factos científicos por detrás deste tópico, oferecendo uma perspetiva atualizada sobre a dinâmica do ciclo menstrual, a fertilidade feminina e a probabilidade de conceção durante as várias fases do período.

É possível engravidar durante a menstruação?

Por entre os inúmeros mitos em torno da saúde sexual, aquele que mais desperta curiosidade está relacionado com a possibilidade de uma gravidez durante a menstruação; olhemos então para o que a ciência nos diz:

  • Relações sexuais antes da menstruação

Iniciar a atividade sexual dias antes da menstruação poderá resultar numa gravidez, em especial devido à sobreposição do tempo de vida dos espermatozoides e de uma potencial ovulação prematura.

Os espermatozoides são capazes de sobreviver no interior do aparelho reprodutor feminino até cinco dias; se uma mulher com um ciclo menstrual mais curto ou irregular iniciar a fase de ovulação imediatamente após o período, é possível que existam ainda espermatozoides vivos que procurarão fecundar o óvulo que vier a ser libertado.

  • Relações sexuais durante a menstruação

Muitos acreditam que engravidar durante a menstruação é simplesmente impossível, devido à descamação do revestimento do útero; embora as hipóteses sejam relativamente baixas, não estamos a falar de uma probabilidade de 0%, e explicamos porquê:

  1. Longevidade dos espermatozoides

Tal como supramencionado, os espermatozoides possuem a capacidade de sobreviver no interior do organismo feminino ao longo de vários dias; se a ovulação ocorrer pouco depois da fase menstrual, existe uma hipótese de conceção.

  1. Variabilidade de ovulação

Algumas mulheres poderão ovular durante o período, particularmente se o seu ciclo menstrual for mais curto ou irregular.

  1. Sangramentos mal-interpretados

Por vezes, existem pequenos sangramentos que poderão ser confundidos com um período mais ligeiro; se estes sangramentos estiverem relacionados com a fase de ovulação, a probabilidade de uma gravidez aumenta.

  • Relações sexuais depois da menstruação

A probabilidade de se engravidar no seguimento de relações sexuais logo após a menstruação está dependente de uma fase de ovulação precoce e do tempo de vida dos espermatozoides.

Considerando que a ovulação normalmente ocorre a meio do ciclo menstrual, as mulheres que tiverem um ciclo mais curto poderão iniciar a ovulação logo após o término do período, o que aumenta drasticamente a probabilidade de o óvulo vir a ser fecundado, na eventualidade de relações sexuais desprotegidas.

Compreender o ciclo menstrual

De modo a conseguirmos compreender as nuances da fertilidade e da conceção, é fundamental perceber o básico do ciclo menstrual: 

  • Fase menstrual

Com uma duração de cerca de três a sete dias, esta é a altura em que decorre a descamação do revestimento do útero, sendo o resultado a menstruação.

  • Fase folicular

Esta fase inicia-se no primeiro dia do ciclo menstrual e perdura até ao início da ovulação; o organismo segrega uma hormona folículo-estimulante (FSH) que instrui os ovários a produzir um óvulo amadurecido.

  • Fase de ovulação

Esta etapa decorre por volta do 14.º dia de um ciclo de 28 dias, quando o óvulo mais maduro é libertado pelo ovário, encontrando-se preparado para a fecundação.

  • Fase lútea

Se o óvulo não for fecundado, o mesmo desintegra-se, resultando numa quebra dos níveis hormonais e, por conseguinte, no reinício do ciclo menstrual.

Ao compreendermos todas estas fases, torna-se claro que, embora as hipóteses de engravidar durante a menstruação sejam relativamente baixas, tal não é totalmente impossível.

Em conclusão

Afinal, sempre é possível engravidar durante a menstruação? O que é facto é que, apesar de as probabilidades serem reduzidas, estas não são inexistentes; fatores como a longevidade dos espermatozoides, uma ovulação prematura ou a irregularidade do ciclo menstrual contribuem para o aumento dessas mesmas hipóteses. Como tal, a melhor alternativa será optar por métodos contracetivos como preservativos.

A melhor forma de abordar este tópico consiste em mantermo-nos informados e em compreender como funciona cada organismo; em caso de dúvidas ou preocupações relativas a questões de fertilidade ou saúde menstrual, é sempre aconselhável recorrer a um profissional de saúde devidamente credenciado.

Se gostou deste artigo da nossa série “Mythbusters”, não pode perder outros sobre se “o tamanho do pénis importa?” ou “quantos orgasmos pode uma mulher ter?”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Seleccione um ponto de entrega

Abrir o chat
1
Em que podemos ajudar?
Scan the code
Olá! Por favor leia as nossas FAQ: https://vibrolandia.com/faq/
Caso a sua questão não tenha sido esclarecida clique no botão abaixo.
Este site contém imagens e conteúdos exclusivamente para adultos. Se você não atingiu a idade de 18 anos ou se este tipo de conteúdo o ofende, não prossiga