Flavonoides ligados pela primeira vez ao combate à disfunção erétil

Novo estudo descobriu que os alimentos certos podem reduzir risco de disfunção erétil até 16%.

disfunção eretil

Uma dieta rica em frutas, vegetais, chá e vinho. Esta é a receita a que chegaram três investigadores para reduzir o risco de disfunção erétil.

Estudos anteriores sugeriram que os flavonoides presentes nestes alimentos produzem efeitos anti-inflamatórios que reduzem o risco de doenças cardíacas e mesmo alguns cancros, mas esta foi a primeira vez que se procurou uma ligação entre os o consumo de flavonoides e a difunção erétil.

Para este nova investigação, publicada no The American Journal of Clinical Nutrition, foram seguidos 25,096 homens, que responderam a questionários sobre os seus hábitos alimentares a cada quatro anos, durante uma década.

Foi-lhes pedido que avaliassem a sua capacidade de manter uma ereção que lhes permitisse ter relações sexuais num escala de 0 a 5. Refira-se que nenhum sofria de disfunção erétil no inicio do estudo, mas, no decurso do estudo, 35,6% reportaram o problema.

Tendo em conta a atividade física, hipertensão, consumo de álcool, diabetes e outros fatores, os investigadores descobriram que um elevado consumo de vários flavonoides em homens com idades inferiores a 70 estava associado a um 11% a 16% inferior de risco de disfunção erétil.

Só o elevado consumo de fruta, por si, revelou-se associaado a uma redução de 14% do risco.

A disfunção erétil tem sido considerada sobretudo vascular, com poucos dados disponíveis sobre o papel da dieta.

Fonte: Visão

Poderá também conhecer a nossa loja em:

+Vibrolandia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Aviso! Este site contém imagens e conteúdos exclusivamente para adultos. Se você não atingiu a idade de 18 anos ou se este tipo de conteúdo o ofende, não prossiga